FGTS 2022: Caixa libera saque para nascidos em janeiro; veja mais datas

Anúncios

Nesta quarta-feira, 20 de abril , começa a liberação do saque extraordinário do FGTS em 2022. O primeiro grupo a receber até R$ 1.000,00 são as pessoas que nasceram no mês de janeiro. A cada semana, novos grupos terá o dinheiro depositado. Para ter direito ao saque emergencial do FGTS, o empregado precisa ter saldo disponível na conta. Se por acaso tiver menos que R$ 1.000,00, receberá o valor total da conta que possui no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Além disso, quem decidiu pela a modalidade de saque de aniversário, quando os depósitos são feitos todos os anos, receberá também,  enquanto o saldo não estiver bloqueado para o pagamento do saque aniversário.

O governo estabeleceu um valor máximo de R$ 1.000,00 por saque para cada pessoa. São 42 milhões de brasileiros que tem certa quantia disponível em sua conta. Para verificar o valor a que tem direito, deve baixar ou atualizar o aplicativo do FGTS e consultar seu saldo, após o login no app. A Caixa lançou nos últimos dias uma nova versão do aplicativo do FGTS, então é preciso atualizar o aplicativo para ter acesso a atualizações e novidades, já com o valor a ser recebido e o depósito esperado. Quem não desejar fazer o saque pode manifestar seu cancelamento pelo aplicativo até o dia 10 de novembro. Assim, ocorrerá um cancelamento de crédito, e o dinheiro volta para sua conta pessoal no fundo. As pessoas que não fizer o saque não irá perder o dinheiro depositado.

Calendário do Saque FGTS extraordinário

Os depósitos vão cair na conta corrente ou poupança da Caixa. Quem não tiver conta no banco terá uma poupança digital aberta automaticamente. Veja as datas de liberação do saque de R$ 1 mil reais do FGTS extraordinário em 2022:

Calendário de depósito do FGTS 2022
Mês de nascimentoData do depósito
Janeiro20 de abril
Fevereiro30 de abril
Março04 de maio
Abril11 de maio
Maio14 de maio
Junho18 de maio
Julho21 de maio
Agosto25 de maio
Setembro28 de maio
Outubro01 de junho
Novembro08 de junho
Dezembro15 de junho
Anúncios

A retirada de até R$ 1.000 do FGTS será liberado 2x por semana – nas quartas e sábados – até o dia 15 de junho, quando receberão os nascidos em dezembro fechando o calendário. Os saldos e extratos do FGTS também podem ser visualizados no site da Caixa na aba específica do FGTS. No site , é necessário acessar pelo Número de Identificação Social – o NIS, que pode ser consultada a carteira de trabalho além da senha cadastrada , que pode ser a mesma senha que o cartão de cidadão. Existe a possibilidade de recuperar a senha, apenas pelo número do  NIS( Número de Identificação Social.) Além disso, os dados podem ser enviadas através do SMS. A Caixa disponibiliza o serviço de envio de SMS aos trabalhadores com informações sobre os últimos depósitos efetuados pelo empregador do saldo total do Fundo de Garantia.

Saque-aniversário do FGTS já tem adesão de 21 milhões, diz Caixa; veja como funciona

A Caixa Econômica Federal divulgou que a modalidade do FGTS, feita em abril de 2020, já soma aproximadamente 21 milhões de adesões de trabalhadores, desde que foi criada. Essa função possibilita ao empregado sacar parte do seu saldo da conta do FGTS, todo ano, sempre no mês do seu aniversário – por isso do nome. Assim, disponibiliza aos trabalhadores um dinheiro extra no mês, com valor a receber. Para poder sacar ao saque-aniversário e ter acesso ao saldo, é preciso fazer o pedido através do aplicativo FGTS. A solicitação deverá ser feita até no máximo no dia do mês de nascimento do cidadão para poder liberar no mesmo ano. Mesmo assim, tem a possibilidade de liberar somente 2 meses após o mês de aniversário. A retirada estará disponível por três meses, a partir do primeiro dia útil do mês de aniversário do empregado. É importante que o cidadão fique esperto ao fato de que ao fazer o pedido de saque aniversário, ele poderá tirar parte do saldo de sua conta do FGTS, mas, perde a possibilidade de sacar o valor total, se caso for demitido. Sendo assim, o único valor que fica, caso o cidadão for demitido é a multa rescisória de 40% sobre o valor depositado pelo empregador, em caso de demissão sem justa causa. Assim, é importante que o trabalhador fique atento ao escolher a modalidade para fazer a retirada do dinheiro.

Anúncios

Deixe um comentário