Auxilio Brasil de R$ 400 para 2023

Anúncios

Em agosto, o governo federal distribuiu o primeiro lote de R$ 600 reais do Auxílio Brasil para mais de 18 milhões de famílias. O aumento de R$ 200 foi determinado pela PEC aprovada pela Assembleia Nacional, que previa gastos de R$ 41,25 bilhões além do teto de gastos para o governo investir nos meses que antecedem as eleições.

Para contornar a legislação eleitoral que proíbe a criação de novos projetos sociais, a PEC também impôs estado de emergência no país até 31 de dezembro de 2022.

Além de aumentar a tarifa média do benefício, o valor da Vale Gás também deverá reajustar, passando de 50% para 100% do preço médio do botijão. O pacote de medidas também inclui a ampliação do público do Auxílio Brasil, incluindo mais de 1 milhão de novos domicílios, auxílio emergencial de R$ 1.000 para caminhoneiros e R$ 200 em benefícios para taxistas.

Anúncios

O processo da proposta gerou boicotes de deputados e senadores da oposição no país por causa de seu caráter eleitoral, já que as medidas são temporárias e devem terminar em dezembro deste ano.

Auxílio Brasil será de quanto em 2023?

Desde janeiro de 2022, o Auxílio Brasil pagou R$ 400 em parcelas mensais. Com o estabelecimento do benefício especial, que também é temporário e se torna permanente, as famílias que recebem em média 217 reais passam a receber pelo menos 400 reais por mês.

O benefício vai até dezembro, e as famílias voltarão a receber um valor menor em janeiro.

Anúncios

No entanto, ao votar a medida temporária no Congresso, os parlamentares fizeram do benefício especial uma parte permanente do plano Auxílio Brasil. Portanto, mesmo após o final do ano, as famílias continuarão recebendo 400 reais. Até lá, este é um valor confirmado em 2023.

Agora, o presidente Jair Bolsonaro declarou em entrevista à CNN Brasil que pretende manter o pagamento do Auxílio Brasil no valor de R$ 600, dessa maneira, caso seja reeleito presidente da República se responsabiliza em manter o benefício em 600 reais.

Apesar do pronunciamento do presidente, a equipe econômica do governo ainda não confirmou a possibilidade de prorrogar o Auxílio Brasil, de 600 reais, ou de onde virão os recursos para ampliar os investimentos no programa.

O discurso de Bolsonaro também foi feito alguns dias depois que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que tornaria o benefício de R$ 600 permanente se eleito nas eleições.

Auxílio Brasil de R$ 400 em 2023

O secretário especial de Finanças e Orçamento do Ministério da Economia, Esteves Colnago, declarou que o Projeto de Lei Orçamentária 2023 (PLOA), que define os gastos do governo federal no próximo ano, prevê o Auxílio Brasil de R$ 400 para 2023.

Manter o Auxilio Brasil em R$ 600 no próximo ano custará aos cofres do Estado até R$ 60 bilhões, disse Colnago, e manter esse valor será um “grande desafio”.

O Auxílio Brasil vale 600 reais, mas só até dezembro deste ano, e deve começar a ser pago às famílias mais pobres em agosto. A partir de 2023, a expectativa é que o valor pago retorne a R$ 400 reais.

Auxílio Brasil de R$ 600 reais começa em agosto

Embora as promessas da campanha não sejam cumpridas, estão garantidas cinco parcelas de R$ 600 para as famílias beneficiárias do Auxílio Brasil até dezembro de 2022.

O primeiro depósito terá início no próximo mês, a partir de 18 de agosto, com o NIS 1 final do beneficiário. A programação segue até 31/08 e todas as famílias estarão recebendo seu benefício.

Também é possível que o Ministério da Cidadania lance o calendário do Auxílio Brasil no início de agosto. A informação foi confirmada pelo ministro da Cidadania, Ronaldo Vieira, que disse que o órgão está comprometido em antecipar os depósitos de benefícios para as duas primeiras semanas de cada mês.

Calendário do Auxílio Brasil de R$ 600
Número final do NIS 1ª parcela 2ª parcela 3ª parcela 4ª parcela 5ª parcela
1 18 de agosto 19 de setembro 18 de outubro 17 de novembro 12 de dezembro
2 19 de agosto 20 de setembro 19 de outubro 18 de novembro 13 de dezembro
3 22 de agosto 21 de setembro 20 de outubro 21 de novembro 14 de dezembro
4 23 de agosto 22 de setembro 21 de outubro 22 de novembro 15 de dezembro
5 24 de agosto 23 de setembro 24 de outubro 23 de novembro 16 de dezembro
6 25 de agosto 26 de setembro 25 de outubro 24 de novembro 19 de dezembro
7 26 de agosto 27 de setembro 26 de outubro 25 de novembro 20 de dezembro
8 29 de agosto 28 de setembro 27 de outubro 28 de novembro 21 de dezembro
9 30 de agosto 29 de setembro 28 de outubro 29 de novembro 22 de dezembro
0 31 de agosto 30 de setembro 31 de outubro 30 de novembro 23 de dezembro
Anúncios

Deixe um comentário